Ácido Glicólico

Ácido Glicólico

Com o aumento da expectativa de vida, cada vez mais procura-se tratamentos que auxiliem a regeneração da pele. Tendo em vista, que hoje em dia, a busca por tratamentos estéticos e cosméticos, para eliminar ou ao menos amenizar, linhas de expressão, rugas, manchas senis, flacidez de pele, pele desvitalizada, entre outras queixas, onde a utilização deste ácido ao longo da história tem sido bastante difundida, principalmente na composição de cosméticos.

O ácido glicólico aplicado sobre a pele provoca vasodilatação, diminui a espessura e a compactação do extrato córneo, acelera o “turnover” da epiderme e estimula a síntese de colágeno. É produzido pela reação do ácido cloroacético com o hidróxido de sódio seguida por uma re-acidificação. Pode ser isolado de fontes naturais como a cana-de-açúcar, beterraba-sacarina, abacaxi, cantalupo, e uvas verdes.

Devido ao seu excelente poder de permeação na pele, o ácido glicólico tem várias aplicações em produtos para a pele, normalmente utilizado como peeling químico por dermatologistas em concentrações de 30% a 80% ou em kits domésticos, com concentrações inferiores de 2% a 12%.

Além da concentração, o pH é importante na determinação de sua potência em solução. O pH de uma solução de ácido glicólico em um peeling médico pode ser de até 0,6, forte o suficiente para queratolizar a epiderme, enquanto os peelings caseiros têm pH´s tão altos quanto 2,5. É utilizado para melhorar a aparência e textura da pele. Pode reduzir rugas, cicatrizes de acne, hiperpigmentação e melhorar outras várias condições da pele, como hiperqueratose, queratose actínica e queratose seborréica.

Uma vez aplicado, o ácido glicólico reage com a camada superior da epiderme, enfraquecendo as propriedades de adesão dos lipídios que mantém as células mortas da pele aderidas. Isto permite que o estrato córneo seja esfoliado, revelando a pele subjacente, criando uma necessidade de repor através da produção de células jovens. Este processo promovido pela aplicação do ácido glicólico é uma maneira de facilitar a permeação de ativos. Conferindo ao ácido glicólico o ativo rejuvenescedor de escolhas dos dermatologistas e profissionais de estética.

A Linha Ácido Glicólico da Samana foi desenvolvida para revitalizar a pele através da descamação superficial promovendo a troca da camada córnea para eliminar manchas, imperfeições e rugas finas. Para facilitar e promover resultados mais expressivos a Samana dispõe de um kit completo composto por Ácido Glicólico com o Sabonete Liquido Ácido Glicólico, Creme Dermo Esfoliante, Gel Ácido Glicólico a 10%, Máscara Ácido Glicólico 10% e Ácido Glicólico Gel Personal.

Fonte de pesquisa:
pt.wikipedia.org/wiki/Ácido_glicólico
Veja também:
Aplicação da Linha Ácido Glicólico Samana

Posts Relacionados:

Anti-Aging, Corporal, Facial, Peeling, Samana

Deixe uma resposta